Casa da Júlia

Minha casa, meu cantinho.

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Carta de uma amiga...^^


Sorocaba, 30 de Agosto de 2007.


"Ser feliz não é ter uma vida isenta de perdas e frustações. É ser alegre, mesmo se vier a chorar. É viver intensamente, mesmo no leito de um hospital. É nunca deixar de sonhar, mesmo se tiver pesadelos. É dialogar consigo mesmo, ainda que a solidão o cerque. É ser sempre jovem, mesmo se os cabelos embranquecerem. É agradecer muito, mesmo se as coisas derem errado. É amar os pais, mesmo se eles não os compreendem. É transformar os erros em lições de casa. Ser feliz é sentir o sabor da água, a brisa no rosto, o cheiro de terra molhada. É extrair das pequenas coisas, grandes momentos e emoções. É encontrar todos os dias motivos para sorrir, mesmo se não existirem grandes fatos. É rir de suas próprias tolices. É não desistir de quem você ama, mesmo se houver decepções. É ter amigos para repartir as lágrimas e dividir as alegrias. É ser um amigo do dia e um amante do sono. É agradecer a Deus pelo espetáculo da vida. Você pode ter defeitos, viver ansiosa e ficar irritada algumas vezes, mas não se esqueça de que sua vida é a maior empresa do mundo, só você pode evitar que ela vá à falência. Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você, garimpe ouro nos solos da sua inteligência, no território da sua emoçao, no anfiteatro dos seus pensamentos. Poucos sabem garimpá-los, por isso poucos vêem dias felizes. Gostaria que você sempre se lembrasse de que ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem decepções. Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do mundo, amor nos desencontros. Ser feliz não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos. É não apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza. Ser feliz não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato. Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz não é uma fatalidade do destino, mas uma conquista de quem sabe viajar para dentro de seu próprio ser. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um NÃO. É ter segurança para receber uma crítica mesmo que injusta. É beijar, curtir os pais e ter momentos poéticos com os amigos, mesmo que eles nos magoem. Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós. É ter maturidade para falar: Eu errei. É ter ousadia para dizer: Me perdoe. É ter sensibilidade para expressar: eu preciso de você. É ter a capacidade de dizer: EU TE AMO. Muitos sonhos estão esperando para serem realizados, as decisões são muito importantes para serem deixadas ao acaso. Alcance seu máximo, seu melhor, seu prêmio, lembre-se que a amizade é um investimento sábio, os tesouros da vida são todas as pessoas, perceba de que nunca é tarde demais."


...

0 Comentários:

.

Julia Lemos e Silva. Tecnologia do Blogger.

Categorias

A Dona da Casa

Minha foto
Júlia Lemos e Silva
Formada em Técnico de Edificações, cursando Engenharia Ambiental, sou de Cristo, gosto de decoração, reutilização, reciclagem, artesanatos e sustentabilidade ambiental posto neste blog de tudo um pouco. Coisas minhas, coisas achadas na rede, considero aqui minha casa, o meu canto.
Visualizar meu perfil completo

Arquivo

Popular Posts

© Casa da Júlia, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena