Casa da Júlia

Minha casa, meu cantinho.

domingo, 20 de julho de 2008

O inesperadO

Inesperado

A vida corria normal.

Tudo estava em equilíbrio.

Os dias eram calmos.

E as coisas pareciam se encaixar perfeitamente em seus lugares.

Quando eu menos esperava, uma pequena chama se acendeu.

Senti pela primeira vez na vida, uma sensação diferente.

Tentei perceber o que acontecia, e vi aquela pequena chama ir crescendo.

Achei que poderia ser mais uma fase da vida...

...Não liguei. Mas um dia quando eu estava perto de você, não pude acreditar.

Notei que a chama aumentava.

Olhei, então, para os seus olhos.

Tentei falar alguma coisa, a voz não saía.

Pensei em desviar o meu olhar, mas não conseguia.

Aos poucos o coração começou a bater mais rápido.

Achei que tudo não passava de um sonho, por sinal maravilhoso.

Voltei a ver você novamente, confesso que a chama não mais existia, tinha dado lugar à uma fogueira que cada vez mais aquecia o meu coração.

Pensei muito em te dizer tudo isto, mas recuei, pois tive medo de arriscar e preferi sonhar em plena luz do dia, sentir essa emoção a cada minuto e simplesmente te olhar.

Eu acho que na vida nada acontece por acaso. Você surgiu no meu caminho, me iluminou e acendeu a primeira chama... e agora? O que fazer desta chama? Saiba que, por mais que eu me esforce em manter a calma, está difícil de evitar a explosão.

Entre linhas 06/10/1999

Autor desconhecido

0 Comentários:

.

Julia Lemos e Silva. Tecnologia do Blogger.

Categorias

A Dona da Casa

Minha foto
Júlia Lemos e Silva
Formada em Técnico de Edificações, cursando Engenharia Ambiental, sou de Cristo, gosto de decoração, reutilização, reciclagem, artesanatos e sustentabilidade ambiental posto neste blog de tudo um pouco. Coisas minhas, coisas achadas na rede, considero aqui minha casa, o meu canto.
Visualizar meu perfil completo

Arquivo

Popular Posts

© Casa da Júlia, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena